• Dr. Alexandre Ferreira

Você acha que está realizando adequadamente seus exames de rotina das mamas ?

Os principais métodos de imagem relacionados avaliação das mamas são a mamografia, ultrassonografia, ressonância magnética e a tomossíntese mamária.

Porém o que é preconizado ao rastreamento das mulheres em geral é a mamografia.

Sabemos que o principal benefício do rastreamento é a redução na mortalidade pelo câncer de mama em mulheres acima de 40 anos.



Os estudos tem demonstrado redução entre 20 a 38% do risco de morte pelo câncer de mama em pacientes que realizaram rastreamento do que a população em geral.


RECOMENDAÇÕES PARA O RASTREAMENTO DAS MULHERES COM RISCO POPULACIONAL USUAL

Esse foi o último consenso dos colégios de radiologia, mastologia e ginecologia e obstetrícia em 2017 deve sair um novo consenso ainda este ano.


Mamografia •

Recomenda-se o rastreamento anual com mamografia para as mulheres entre 40 e 74 anos (categoria A); •

A partir dos 75 anos recomenda-se o rastreamento com mamografia, preferencialmente digital, para as mulheres que tenham expectativa de vida maior que 7 anos, baseada nas comorbidades (categoria D).


Ultrassonografia • Não existem dados que deem suporte para o rastreamento com ultrassonografia para todas as mulheres de risco populacional usual; •

A ultrassonografia deve ser considerada como adjunta à mamografia nas mulheres com mamas densas (categoria B).


Ressonância magnética • Não existem dados que deem suporte para o rastreamento com ressonância magnética para as mulheres de risco populacional usual.


#mamografia #dralexandreferreira #prevenção #mamas #ultrassom #cancerdemama

0 visualização